Deixe sua avaliação

Em nova entrevista, a atriz Melissa Barrera comentou o desfecho de sua personagem em “Pânico 6”. A artista participou dos dois últimos filmes da franquia do horror lançados e acabou sendo demitida antes que o terceiro, “Pânico 7”, começasse a ser produzido. Segundo ela, “é preciso seguir em frente em vez de lamentar”.

Falando com o veículo Collider, Melissa Barrera comentou o final que a personagem acabou tendo, com sua demissão. A atriz continuaria sendo protagonista do terceiro filme da nova geração da franquia, mas foi demitida após publicar sobre o confronto entre Israel e Palestina.

“Eu considero o desfecho de [Pânico 6] bastante satisfatório, então não fico com a sensação de ter sido deixada no meio do caminho”, ressaltou Melissa. “Pelo contrário, acredito que os fãs estavam ansiosos por um terceiro filme para continuar aquela linha narrativa, embora aparentemente o plano inicial fosse uma trilogia, mesmo que eu estivesse contratada para apenas dois filmes”, declarou ela.

“Assim, fiz meus dois filmes, e estou bem com isso. Ter participado de dois já é mais do que a maioria consegue. Quando você está em um programa de TV e ele é cancelado, é preciso seguir em frente em vez de lamentar. Essa é a dinâmica da nossa indústria; eu me animo com o próximo trabalho, ansiosa para assumir o próximo papel. É emocionante criar um personagem diferente”, complementou.

Em abril, um novo terror de Melissa Barrera estreia nos cinemas. Intitulado “Abigail”, o novo filme da Universal Pictures tem também os diretores Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett, dos filmes 5 e 6 da saga do horror, assumindo a direção da nova produção, e o ator Angus Cloud (“Euphoria”), que faleceu em 2023, no elenco.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Após demissão da franquia, Melissa Barrera opina sobre final de “Pânico 6” no site CNN Brasil.